F1
15/03/2013 00:02

Vettel fecha primeiro treino livre do GP da Austrália na ponta. Massa começa na frente de Alonso

Sebastian Vettel iniciou sua cruzada pelo tetra mundial de F1 assegurando o melhor tempo da primeira sessão de treinos livres do GP da Austrália, nesta sexta-feira (15), em Melbourne. Felipe Massa teve grande performance e fechou a tomada de tempos em segundo, apenas 0s078 atrás de Vettel, batendo Fernando Alonso
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Sebastian Vettel brilhou na abertura dos treinos oficiais do GP da Austrália, primeira etapa da temporada 2013 do Mundial de F1, nesta sexta-feira (15), ainda noite de quinta-feira no Brasil. O jovem piloto alemão da Red Bull iniciou sua cruzada pelo tetracampeonato na ponta da tabela de tempos do primeiro treino livre em Albert Park e, à primeira vista, comprovou que os taurinos seguem com o melhor carro da F1 no momento.

Usando pneus macios, assim como todos os 22 pilotos do grid, Vettel registrou 1min27s211. Mas o grande nome da sessão foi Felipe Massa. Único brasileiro da F1 em 2013, o piloto da Ferrari conseguiu fazer um grande treino e conseguiu o feito de fechar à frente do seu companheiro de equipe, Fernando Alonso. No seu melhor giro, Felipe cravou 1min27s289, apenas 0s078 atrás de Vettel, obtendo da sua F138 um desempenho bastante promissor em Albert Park. Alonso se garantiu no top-3, 0s336 mais lento que o líder da sessão.

Outro destaque deste primeiro treino livre foi Lewis Hamilton. Em sua estreia pela Mercedes, o britânico andou apenas 0s005 mais lento que Alonso e fechou a sessão com o quarto melhor tempo, ficando à frente de Mark Webber, da Red Bull. Kimi Räikkönen, um dos bons nomes de 2012, foi o sexto colocado, seguido por Nico Rosberg, da Mercedes. A Force India apareceu muito bem com Adrian Sutil, que volta à F1 após um ano sabático. O piloto alemão cravou o oitavo tempo e foi 0s014 mais rápido que a McLaren de Jenson Button. Romain Grosjean, que ganhou nova chance na Lotus depois de um ano irregular, completou o rol dos dez primeiros.

Dentro das condições do seu carro, Jules Bianchi teve bom rendimento em Melbourne. O estreante francês colocou a Marussia na 18ª posição do treino e foi o mais rápido dentre os pilotos das equipes nanicas do grid, batendo, na sequência, Giedo van der Garde e Charles Pic, da Marussia, e Max Chilton, seu companheiro de equipe na Marussia.

 As imagens desta sexta-feira em Melbourne
icon_video A volta virtual em Melbourne, narrada por Alonso
icon_gp Especial F1 2013, a temporada que vem com rótulo de imprevisível

Vettel abriu sua jornada pelo tetra na frente do primeiro treino livre do GP da Austrália (Foto: Getty Images)

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP da Austrália de F1

O primeiro carro a deixar a pista e abrir o primeiro treino da temporada 2013 da F1 foi Daniel Ricciardo e sua bela Toro Rosso STR8. Logo, os outros pilotos do grid, sempre calçando pneus médios, foram para a pista para a realização das primeiras voltas de instalação no belo circuito de Albert Park.

Mas depois dos primeiros minutos, o circuito australiano não teve muita movimentação, com todos os pilotos discutindo detalhes com seus engenheiros. Assim, o grande destaque acabou sendo o público presente em Albert Park, um dos mais bonitos de toda a temporada. Por um breve momento, Alonso foi à pista, mas cumpriu apenas um giro antes de retornar aos boxes. Após meia hora de sessão, ninguém ainda havia registrado tempo na Austrália.

Com 35 minutos de sessão, Ricciardo voltou à pista, desta vez para abrir o treino de fato. O piloto da casa foi o primeiro a abrir volta rápida na temporada 2013 e marcou 1min36s089, obviamente um tempo bem longe dos padrões dos mais rápidos. Como referência, o recorde da pista, que pertence a Sebastian Vettel, é de 1min23s529.

Logo, os outros pilotos do grid começaram a deixar os boxes, a começar pelo companheiro de Ricciardo na Toro Rosso, Jean-Éric Vergne, e pela jovem dupla da Marussia, formada por Jules Bianchi e por Max Chilton. Os ponteiros, no entanto, ainda estavam nos boxes na espera da melhor hora para irem à pista.

Agora na Mercedes, Hamilton abriu nova era em sua carreira (Foto: Getty Images)

Era natural, pois, que os primeiros carros enfrentassem problemas no início do treino, já que a pista, pouco usada ao longo do ano, não oferecia nem de longe os melhores níveis de aderência e estava ‘verde’, no jargão usado pelos pilotos.

A pista começou a ficar mais cheia com a presença dos carros da Caterham, Williams e da Lotus. Kimi Räikkönen, uma das grandes sensações da temporada passada, registrou, com 51 minutos de sessão, a melhor marca até então com 1min29s029. A Sauber também foi à pista com Esteban Gutiérrez. O novato mexicano foi um dos que sofreu com a falta de aderência do asfalto de Melbourne e cometeu um pequeno erro na curva 5.

O treino começou a esquentar com a ida à pista dos carros da Force India, da tricampeã Red Bull e da McLaren, que venceu no ano passado com Jenson Button. Räikkönen melhorou sua marca e cravou 1min27s877, seguido por Romain Grosjean, Nico Hülkenberg e Adrian Sutil, com Button em quinto. Sergio Pérez, substituto de Lewis Hamilton na McLaren, detinha então o 14º tempo após 57 minutos de treino.

E foi nesse tempo que, pela primeira vez, Lewis Hamilton registrou uma volta rápida correndo com a Mercedes. Depois de seis temporadas correndo pela McLaren, o campeão mundial de 2008 abriu uma nova era em sua carreira, assim como a Mercedes, que não poupou dinheiro para ser uma das vencedoras da F1. E logo no seu primeiro giro, Hamilton pulou para segundo ao marcar 1min28s266. Lewis logo foi superado pelo seu novo companheiro de equipe, Nico Rosberg, que registrou 1min28s0, ficando logo atrás do finlandês Kimi Räikkönen.

Não demorou muito para a Ferrari aparecer na pista de maneira competitiva, tanto com Felipe Massa quanto com Fernando Alonso. O espanhol começou a sexta-feira mostrando a força da Ferrari ao registrar 1min27s547, subindo para a liderança da sessão. Mas aí veio Vettel e, a julgar pelo seu tempo, deixou claro a todo mundo que a Red Bull ainda tem o grande carro da F1. Logo em sua primeira volta rápida, o tricampeão do mundo cravou 1min27s320, avançando para o topo da tabela de tempos, faltando 25 minutos para o fim da sessão.

Vettel começou com o pé direito sua luta pelo tetracampeonato (Foto: Red Bull/Getty Images)

Só que aí apareceu Massa. Em grande fase, o único brasileiro da F1 aproveitou a melhora da aderência da pista de Albert Park e, sem cerimônia, superou os campeões Vettel e Alonso para cravar o melhor tempo da sessão com 1min27s289. Contudo, Felipe não durou muito tempo na ponta, já que Vettel logo voltou ao topo da sessão ao virar 0s078 abaixo do piloto da Ferrari. Todos os 22 pilotos fizeram uso dos pneus médios, deixando os supermacios, segunda opção trazida pela Pirelli para Melbourne, reservados para a sequência do fim de semana.

Daí por diante, a sessão foi dedicada a simulações com os carros em configuração de corrida, já que os tempos ficaram bem acima das marcas registradas no início da sessão. Nos últimos minutos, vários pilotos, no afã da busca por voltas rápidas, cometeram erros, principalmente entre as curvas 5 e 6. Lá na frente, Vettel sacramentou o primeiro treino oficial do ano no comando da tabela em Melbourne.

 Curta a página do Grande Prêmio no Facebook
 Siga o Grande Prêmio no Twitter

F1, GP da Austrália, Melbourne, treino livre 1:
 

1
Sebastian VETTEL
ALE
Red Bull Renault
1:27.211
 
16
2
Felipe MASSA
BRA
Ferrari
1:27.289
+0.078
16
3
Fernando ALONSO
ESP
Ferrari
1:27.547
+0.336
16
4
Lewis HAMILTON
ING
Mercedes
1:27.552
+0.341
16
5
Mark WEBBER
AUS
Red Bull Renault
1:27.668
+0.457
17
6
Kimi RÄIKKÖNEN
FIN
Lotus Renault
1:27.877
+0.666
15
7
Nico ROSBERG
ALE
Mercedes
1:28.013
+0.802
17
8
Adrian SUTIL
ALE
Force India Mercedes
1:28.426
+1.215
18
9
Jenson BUTTON
ING
McLaren Mercedes
1:28.440
+1.229
17
10
Romain GROSJEAN
FRA
Lotus Renault
1:28.520
+1.309
14
11
Sergio PÉREZ
MEX
McLaren Mercedes
1:28.597
+1.386
18
12
Nico HÜLKENBERG
ALE
Sauber Ferrari
1:28.786
+1.575
17
13
Paul DI RESTA
ESC
Force India Mercedes
1:28.910
+1.699
17
14
Pastor MALDONADO
VEN
Williams Renault
1:29.443
+2.232
20
15
Valtteri BOTTAS
FIN
Williams Renault
1:29.928
+2.717
18
16
Esteban GUTIÉRREZ
MEX
Sauber Ferrari
1:30.203
+2.992
14
17
Jean-Éric VERGNE
FRA
Toro Rosso Ferrari
1:30.729
+3.518
16
18
Daniel RICCIARDO
AUS
Toro Rosso Ferrari
1:30.969
+3.758
19
19
Jules BIANCHI
FRA
Marussia Cosworth
1:31.263
+4.052
24
20
Max CHILTON
ING
Marussia Cosworth
1:32.176
+4.965
21
21
Charles PIC
FRA
Caterham Renault
1:32.274
+5.063
19
22
Giedo VAN DER GARDE
HOL
Caterham Renault
1:32.388
+5.177
17
 
TEMPO 107%
TL1
 
 
1:33.316
+6.105
 
 
 
 
 
 
 
 
 
REC
Sebastian VETTEL
ALE
Red Bull RB7
 
1:23.529
26/03/2011
 
MV
Michael SCHUMACHER
ALE
Ferrari F2004
 
1:24.125
07/03;2004
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
SOL ENTRE NUVENS
 
ar: ND | pista: ND
Pneu médio
 
Pneu supermacio
 
 
 

 

Últimas Notícias
quinta-feira, 2 de outubro de 2014
F1
F1
quarta-feira, 1 de outubro de 2014
F1
F1
F1
Mitsubishi
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook